LGPD e Tecnologia

LGPD e Tecnologia
Tempo de Leitura: 3 minutos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Como ferramentas simples e soluções de softwares podem melhorar o custo x benefício de adequação a LGPD e tecnologia na sua empresa? A adequação eficaz a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD é um dos grandes desafios de 2019 para empresas que desejam se destacar no mercado de inovação e pioneirismo. Apesar do prazo final previsto de adequação ser apenas em 2020, quem já iniciou a melhoria nos níveis de aderência aos princípios de segurança e privacidade, pode observar a amplitude dos trabalhos necessários.

 

A utilização da Tecnologia para adequação à Lei Geral de Proteção de Dados

Em um processo eficiente de adequação, os investimentos podem girar em torno de R$ 75,00 (setenta e cinco reais mensais por usuário) com ferramentas de nível corporativo que incluem segurança e credenciais de acesso. Além disso, tais ferramentas podem auxiliar na produtividade, classificação, liberação e revogação de acessos – em arquivos digitais online e offline, e ainda a anonimização (remoção dos dados pessoais) de documentos impressos, podendo ser implantados de forma progressiva para o nível de segurança que se deseja.

Também é possível, paralelamente aos requisitos da lei, com um baixo investimento inicial, realizar a transformação digital da sua empresa, além da melhoria contínua do nível de Segurança e Privacidade para os dados e informações da empresa, colaboradores, clientes, fornecedores e contatos. Sem dúvida, essas ferramentas serão os maiores investimentos previstos para 2020 e já devem ser previstos na composição do orçamento e no cronograma de planejamento estratégico.

Neste ano, as principais recomendações ficam nos eixos de Treinamentos e Capacitações, Roadmap e Risk Assessment e Posicionamento Estratégico e dos Gestores. Essa visão 360º e entendimento geral do negócio e suas prioridades, só é possível a partir de um Diagnóstico Inicial de Maturidade e Adequação.

 

Recursos e funcionalidades indispensáveis para LGPD

Nas plataformas que se propõem a resolver todas as questões relacionadas à Segurança e Privacidade dos Dados e Informações podemos listar algumas para facilitar a escolha e avaliação das soluções disponíveis no mercado.
 

Integração

Atualmente a sua organização conta com diversas plataformas, recursos, sistemas e softwares que armazenam informações, a possibilidade de integração entre esses ativos informacionais é imprescindível para uma jornada de sucesso para a LGPD.
 

Comprometimento

Os fornecedores, fabricantes e desenvolvedores das plataformas que já estão sendo utilizadas precisarão se adequar dentro do prazo previsto de vigência da Lei e estarem comprometidos com o mesmo nível que sua empresa pretende chegar.
 

Revogação de Acessos

A liberação de acesso a arquivos, documentos e dados com permissionamento adequado já é boa prática comum em qualquer ambiente maduro. Com a nova lei, uma funcionalidade adicional será necessária e possível de forma simples para uma gestão eficiente de crise: remover e contingenciar privilégios de acesso, principalmente a dispositivos móveis ou não conectados à internet e suas cópias.

 


 

Canal de Comunicação

E por último e não menos importante, no dia 16 de Agosto de 2020 todas as empresas deverão disponibilizar canal, de preferência único, centralizado e com uma equipe capacitada para a recepção e tratamento das solicitações baseadas na nova lei. Em nossos clientes, esse canal já está sendo configurado e conectado aos diversos operadores e controladores de dados, para que não seja reprimida uma demanda que por força da lei será obrigatória no segundo semestre de 2020.

Essas plataformas devem conter no mínimo um acompanhamento de prazos, notificação dos usuários, armazenamento de registros e solicitações e a validação de identidade que possam ser facilmente auditados pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados – responsável pela fiscalização e aplicação de sanções previstas.

 

Posicionamento Estratégico e LGPD e Tecnologia

Para níveis aceitáveis de segurança, não são necessários o entendimento e utilização de tecnologias disruptivas como o Blockchain, Criptografia p2p ou conceitos como Open Bank, Privacy by Design, Security by Design, Legal Design entre outros, exceto para empreendimentos que propõem a inovação aberta como proposta de valor.

Contudo, Segurança e Privacidade, além de assegurar a continuidade do negócio, são pré-requisitos para aqueles que desejam permanecer no mercado para além da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais no próximo ano. Neste quesito a LGPD e tecnologia, promovem uma consistente aderência. Para ser possível essa adequação é imprescindível que os gestores de empresas, estejam comprometidos com o tema, além de buscarem e promoverem o aprendizado contínuo e a cultura da segurança e privacidade na organização.

A Zemus Segurança da Informação oferece diversas soluções para sua empresa na área da informação. Nossas soluções personalizadas tem como ponto de partida um diagnóstico da situação que se encontra a instituição, entendendo e documentando o estágio atual dos controles de segurança da empresa. Você sabe o que sua empresa precisa fazer para se adequar à nova LGPD? Entre em contato conosco hoje mesmo e saiba mais como sua empresa poderá ficar em conformidade com a exigência da nova Lei.

 
:: Veja também:
Conscientização em Segurança da Informação
Sistema de Gestão de Segurança da Informação
LGPD e o Cadastro Positivo